CINEMA E TV

10 MOTIVOS PARA CONTINUAR ASSISTINDO SUPERNATURAL

supernatural

Uma das primeiras séries que comecei a acompanhar foi Supernatural – ou Sobrenatural, se vocês preferirem. Por vários anos ela foi minha série preferida, mas depois de algumas temporadas bem fraquinhas, fui ficando cada vez mais desanimada. E de uns tempos pra cá, notei que eu não era a única: não só meus amigos deixaram de assistir, como várias leitoras comentaram que preferiram deixar os irmãos Winchester de lado.

Mas desde a season finale da oitava temporada que eu ando bem mais animada com o rumo da história. Nada chega aos pés de Lilith, Azazel e cia, mas depois de vários episódios ruins, a surpresa positiva foi muito bem-vinda. E para vocês não acharem que eu tô de sacanagem, decidi dar um empurrãozinho extra com dez motivos para vocês não desistirem dos irmãos Winchester de vez HEHEHE.

tumblr_mw69zsZcCc1qkg9t6o1_500

#1. Anjos e demônios voltaram a ser o foco: Os monstros são divertidos, mas o que a gente gosta mesmo é de ver os conflitos entre anjos e demônios. E com tanta coisa acontecendo, eles estão cada vez mais violentos! Esqueçam os demônios que só querem fazer pactos e os anjos que só protegem pessoas e lutam pelo bem. Para garantir um lugar ao sol, eles são capazes de qualquer coisa – MESMO!

#2. Trilha sonora: Fiquei chateada que eles não usaram Carry On My Wayward Son na retrospectiva da última temporada, mas a trilha continua boa, um prato cheio para quem curte rock clássico.

#3. Crowley: Se antes ele já era um ótimo personagem, agora ele está apenas SENSACIONAL! Crowley ganhou muito mais espaço e tem feito toda a diferença na trama. Ele é o equilíbrio perfeito entre o humor e a maldade. Você vai rir horrores com suas piadinhas sarcásticas, mas não se enganem: ele é o Rei do Inferno e não ganhou o título por acaso.

anigif_enhanced-buzz-19731-1377532441-3

#4. Morte de personagens importantes: Eu não gosto de ver personagens morrerem, principalmente os mais importantes, aqueles que, de alguma forma, a gente acaba se apegando com o tempo. Mas a verdade é que, sem essas mortes, a série não anda, não surpreende. E com tanta coisa acontecendo, alguém importante ia acabar se ferrando – cedo ou tarde.

#5. Os casos estão BEEEM mais interessantes: A história principal pode ser muito boa, mas casos aleatórios sempre deram uma emoção extra. Lendas urbanas, fantasmas, lobisomens e o que mais vocês imaginarem. Sim, eles estão lá e em casos nada bobos. Nenhum chega aos pés do Espantalho (que me fez ficar várias noites sem dormir), mas personagens como o Thinman, me deixaram com um medinho que eu já não sentia há MUITO tempo.

#6. Dean: Ele é um ótimo caçador, gato, tem um excelente gosto musical, dirige um Impala 1967 e tenta ser durão a maior parte do tempo, mas todo mundo sabe que, na verdade, ele é uma manteiga derretida. Ele já foi meu crush por um bom tempo, mas hoje me rende muito mais risadas que suspiros. Não dá para não se escangalhar de rir com as bobagens que ele fala ou com as furadas em que ele vive se metendo.

#7. Personagens famosos: Imaginem os Winchester ajudando Dorothy a derrotar a Bruxa Má? Ou Caim fazendo Crowley se acabar de medo? Pois esses são apenas alguns dos personagens que invadiram a última temporada. Nem sempre eles têm uma importância significativa, mas o bacana é que, de alguma forma, eles rendem histórias paralelas legais e deixam os episódios mais interessantes.

#8. Abaddon: Apesar de Crowley mostrar, sempre que necessário, o quanto pode ser perigoso, Abaddon é aquele típico demônio escroto que a gente não vê desde as primeiras temporadas. Ela é um Cavaleiro do Inferno, um demônio escolhido a dedo pelo próprio Lúcifer e, possivelmente, o último deles, que tem tocado o terror não só na vida dos Winchester, mas também do próprio Crowley. Agora, pra quem ela trabalha, aí sim, é um verdadeiro mistério, já que Lúcifer, até onde todo mundo sabe, ainda tá preso com Miguel. Palpites? Hã, hã?

tumblr_mjh1w1Fg9d1qepb0uo1_500

#9. Novo showrunner: A série começou a desandar depois que Sera Gamble assumiu as rédeas da história, substituindo o criador Eric Kripke. O desempenho da moça foi tão fraco que a série quase foi cancelada, mas depois de vários perrengues, um novo showrunner, Jeremy Carver, entrou em cena e colocou a história de volta nos trilhos. O resultado foi tão bom que essa temporada tem sido a mais popular, desde que Kripke largou a história.

#10. Pior que tá, não fica: Quando uma série chega no fundo do poço, a única coisa que ela pode fazer é subir de volta ao topo. Supernatural pode não voltar a ser tão bom quanto antes, mas aos poucos, a série voltou a me surpreender e mostrar que sim, os irmãos Winchester ainda são capazes de render boas histórias.

anigif_enhanced-buzz-21068-1377531440-14

É isso, galeuris! Agora corram, que ainda dá tempo de colocar a série em dia HEHEHE

Previous Post Next Post

5 Comments

  • Reply Mariana de lima leite 17 de abril de 2014 at 3:34 AM

    Já ouvi pessoas falando que amam, e que odeiam supernatural. Eu mesma nunca assisti, a historia e os motivos que você colocou fazem parecer que seria do meu gosto, só não começo a assistir agora pq to assistindo muita coisa já kkk
    Blog: http://teoremademari.blogspot.com.br/

  • Reply Rooh Universe 17 de abril de 2014 at 6:19 PM

    Eu não gosto de super natural só acho os atores gatos kkkkk mais o enredo nao é muito interessante pra mim …
    Mas adorei seu blog <3
    Beijinhus… Post novinho olha?
    roohuniverse.blogspot.com

  • Reply Bruna Silveira 18 de abril de 2014 at 2:45 AM

    Oi Ana!
    Confesso que fiquei um pouco perdida lendo esse post, já que eu nunca assisti essa série, mas alguns amigos já me falaram que vale super a pena! Eu não sou de desistir fácil de séries, por mais chata que ela esteja, então acho que eu iria assistir todas as temporadas de Supernatural firme e forte! hahaha

    Adorei o post!
    Beijos sz http://capricha-no-look.blogspot.com.br/

  • Reply Sammy 18 de abril de 2014 at 2:57 AM

    Posso ter achado fofinho o fato de você ser uma fã fiel da série? HAHAHAH Sério, é dificil a gente ver hoje em dia pessoas que não abandonam suas séries mesmo nos momentos difíceis. E elas tem momentos difíceis sempre, né? Acompanho várias que, uma hora ou outra, ou em temporadas específicas, giram em torno de uma trama chata e nada a ver, mas que você insiste em assistir só porque acredita fielmente que vai melhorar depois. Gostei muito das suas dez razões!

    La Diabolique/Fan Page/Instagram do Blog

  • Reply Beatriz Marques 18 de abril de 2014 at 3:31 AM

    Não acompanho a série mas depois desses motivos deu até vontade. Adorei o post!

    http://www.trendingvogue.blogspot.com.br

  • Leave a Reply