COM AMOR

BEM-VINDA, PAOLA ♥

Dia 10 minha prima Renata fez aniversário. Não teve festa, mas consegui dar um abraço nela e desejar tudo de melhor pra essa pessoa que já foi minha parceira de ciladas oficial. Hoje a gente não tem a proximidade que tivemos um dia, mas não é nada que eu realmente lamente pra ser bem sincera. Família tem dessas coisas e eu sei que, no final das contas, ela sempre vai estar ali.

Mas esse não é um post sobre a Renata e nossas ciladas do passado, apesar desse ser um assunto que pretendo retomar qualquer dia desses. A questão é que o último sábado também reservou uma surpresa especial para toda a família Alves Silva e eu não podia insistir no mesmo erro duas vezes e deixar passar em branco um dia tão especial.

Acontece que o último dia 10, além do aniversário da Renata, também foi o dia em que, depois de quase 21 anos, eu perdi oficialmente meu posto de neta mais nova (netA, se liguem nesse detalhe) da família por parte da minha mãe, e não podia estar mais feliz por isso. Paola chegou de manhã, pesando pouco mais de 3kg, bochechas altamente apertáveis e tanto cabelo que certamente faria inveja na pequena Ana recém-nascida (que era quase carequinha).

Nessa altura do campeonato, quando os primos que brincaram comigo um dia começam a ter seus próprios bebês, eu já não tinha esperança de que a fábrica de primos de primeiro grau fosse reaberta. Com minhas tias entrando na menopausa (risos) e meus tios fechando a produção por livre e espontânea vontade, não tinha muito pra onde fugir, então eu levantava as mãos pro céu e pedia pra Deus ser bom e abençoar meus primos com um bebê fofinho, um priminho (ou priminha) de segundo grau pra mim. Ele atendeu minhas preces e nos deu João Guilherme, uma das crianças mais deliciosas que já tive o prazer de conhecer; mas também nos surpreendeu e trouxe Paola, essa princesinha que já ganhou meu coração. Ainda bem que homens são férteis pra sempre.

Sabe, Paola, a gente ainda não se conhece pessoalmente, mas assim que soube que você tinha chegado, é como se um pedacinho de mim tivesse ido morar aí no interior. Você ainda não tem ideia do tamanho da felicidade que trouxe pra nossa família – e talvez nunca saiba, mas eu juro que farei o possível pra você nunca se esquecer disso. Se eu pudesse, te prometeria uma vida doce e sem complicações, mas infelizmente esse mundo pode ser cruel na mesma medida que é maravilhoso. Independente disso, quero que você saiba que eu sempre vou estar aqui, pronta pra te ajudar, te dar um abraço, correr no campo do sítio da nossa avó e pular na piscina quando o calor ficar insuportável, te dar a mão e acender as luzes quando você ficar com medo. Você teve a sorte de nascer numa cidade maravilhosa, que se assegurou de me dar as melhores lembranças da minha infância e certamente te dará as suas também.

Você ainda é só um bebê e vai demorar um tempo até você entender o que eu estou falando (amém), mas tudo isso é só pra dizer que o que eu mais quero nessa vida é que você seja muito muito feliz, pequena. Você foi um presente pra nossa família babona e eu vou fazer questão de te agradecer com todo o amor que eu puder dar. E isso, minha linda, é o que mais importa no fim das contas. Seja bem-vinda!

10917426_756013301158610_7207716238530814424_n

E a gente se encontra no Carnaval <3

Previous Post Next Post

4 Comments

  • Reply Ana Luísa 12 de janeiro de 2015 at 1:30 PM

    Ai gente, que delícia! Bebê chegando renova o mundo, ainda mais quando é ~nosso~! Minha família é enorme e tá sempre nascendo gente, e é sempre a mesma emoção, que tenho certeza que é igual a essa que a chegada da Paola te causou! E ela é linda!!! Esse cabelinho, além de macio, deve ter o melhor cheirinho do mundo! <3
    Seja bem vinda, flor!
    Beijos, miga! <3

  • Reply Lilica 12 de janeiro de 2015 at 2:15 PM

    Ô meu Deus que delicinha de bebê! Bebês sempre alegram e iluminam a vida da gente! Vida longa e muita saúde a Paola! Beijocas

  • Reply Larissa 14 de janeiro de 2015 at 9:39 PM

    Ah nem fale assim! Fiquei igual quando minha irmã mais nova nasceu, quando eu achava que não ia ter mais irmãos iuahsuia ai ela apareceu e foi amor a primeira vista <3
    A Paola é linda, e tem tanto cabelo MESMO! haha bebês tem um cheirinho delicioso *-*
    Seja bem vinda Paola <3
    Bjuuu Ana! =D

  • Reply Paloma 19 de janeiro de 2015 at 12:39 PM

    Oi, xará. Cheguei. Acho que você não sabe ainda de toda a minha adoração por bebês. Esses seres maravilhosos e cheios de amor que o mundo ainda não teve a chance de estragar. Um dia talvez eu tenha os meus, mas por enquanto me basta aproveitar os dos outros. Parabéns por toda a sua família por essa criaturinha nova e desejo desde já que ela seja muito feliz nessa vida.

    Beijos <3

  • Leave a Reply