DRAMAS REAIS

PEQUENA PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS

Ou: O que eu pretendo fazer nas férias.

Acho que a essa altura já está mais do que claro que 2015 não tá sendo um ano fácil pra ninguém. Tem a crise, tem o dólar, tem o calor, têm as pessoas no Facebook cada dia mais insuportáveis, tem gente surtando, tem gente se desesperando, tem gente que defende o Cunha, tem gente que shippa Olicity, ou seja: não está nada fácil. Como se não bastasse, ainda tem a faculdade, que segue mais insuportável do que nunca, dessa vez com o adicional de duzendos-e-trinta-e-quatro-mil trabalhos insuportáveis que, ao que tudo indica, não vão ficar prontos sozinhos. Sinto que desde o início do mês passado não sei o que é passar um fim de semana de bobeira, e a cada dia que passa, a única certeza que tenho é que preciso mesmo tirar umas férias.

Por sorte, falta menos de um mês pras aulas acabarem. Até lá, ainda tenho que entregar três trabalhos enormes, mas nada que me impeça de fazer planos pra quando essa loucura acabar.

1) UMA PORÇÃO DE NADAS

tumblr_nh4sbdWwC11u2gpq8o1_500

Só de pensar na perspectiva de acordar a hora que eu quiser e não ter nada pra fazer pelo resto do dia, sinto uma motivação quase irracional de entregar logo tudo e acabar com essa palhaçada. Quero poder ficar o dia inteiro de pijama, na frente da TV, sem me preocupar com a programação, nem com a pilha de textos (que claramente não serão lidos sozinhos) que me espera em cima da mesa.

2) VER FILMES ALEATÓRIOS

giphy

O bom de pegar uma ou outra matéria de cinema é que eu assisto filmes o tempo inteiro. A parte ruim é que eu assisto filmes o tempo inteiro. Pois é. Continuo amando assistir filmes, vou ao cinema com uma frequência absurda e nunca recuso quando me convidam, claro, mas é muito difícil que eu pare meu dia pra assistir alguma coisa e quando o faço, nunca é com a mesma despretensão de sempre. É um tal de diretor fulano, de movimento tal, de abordagem y e ganhador do prêmio z que às vezes cansa. Quero poder entrar no Netflix e assistir o primeiro filme que aparecer na minha frente, sem nem saber do que se trata, e sem me preocupar se estou perdendo meu tempo ou não. E que bom se for uma bosta, pelo menos ainda vou poder fazer piada com isso depois.

3) TERMINAR DE ASSISTIR GREY’S ANATOMY

tumblr_msvsqd8E2C1sho5lho1_500

Meu maior vício dos últimos tempos, Grey’s Anatomy veio pra acabar com a minha vida – e é uma pena que eu não permita que ela acabe um pouco mais por falta de tempo. Queria passar o dia inteiro vendo os causos e descausos no Seattle Grace, chorando em cada episódio, me envolvendo demais as usual, e querendo morrer sempre que a Addison aparece em cena. Sério, ninguém devia ser obrigado a lidar com a beleza dessa mulher.

4) VOLTAR PRO PILATES

Brad-Pitt-Workout

Já até imprimi o calendário do Blogilates e preguei no meu mural pra não esquecer. Nunca gostei de praticar exercícios, mesmo com a minha mãe pregando a filosofia da endorfina no meu ouvido desde que me entendo por gente, mas de uns tempos pra cá tenho ficado com a consciência pesada sempre que penso que meu corpo não está sendo tratado com o cuidado que deveria. Não quero um corpo perfeito, uma barriga negativa e a bunda mais dura que concreto, mas também não quero chegar aos 30 com mil dores nas costas, ficando doente toda semana e cansando com qualquer corridinha besta (o que é mais ou menos o que acontece comigo agora, risos).

5) ARRUMAR MEU QUARTO (E MEU GUARDA-ROUPA)

tumblr_lmrek51je61qeglz0o1_500

Parece que desde março meu quarto continua a mesma coisa, com a diferença de alguns papéis novos jogados em cima de mesa e uma ou outra roupa nova na gaveta. Lógico, continuo limpando o chão de vez em quando e trocando os lençóis sempre que necessário, mas ainda assim, não é como se eu estivesse arrumando alguma coisa de fato. Quero poder entrar no meu quarto e não ter um monte de roupa na cadeira ou uma pilha de papel em cima da mesa; quero abrir as gavetas e encontrar o que preciso sem dificuldade e olhar pra minha penteadeira e não ver nenhum cotonete sujo de delineador esquecido ali em cima. A santa Micaela Góes que me ajude, que eu não quero um futuro no acumuladores.

6) INVENTAR MODA

the-little-mermaid-ariel-brushing-hair-with-fork-gif

Acho muito surreal que existam pessoas que conseguem estudar, trabalhar e ainda por cima ter ~projetos paralelos~ por aí, enquanto eu já quero estar morta só tentando manter o blog minimamente atualizado e não reprovar nenhuma matéria na faculdade. Só que ao mesmo tempo, vira e mexe eu me pego pensando cá com meus botões que seria muito legal ter um (ou vários) projetos por aí, mesmo que fosse só pra adicionar um pouquinho mais de emoção na vida e querer estar morta com mais frequência. Nas férias, quero poder transformar um roteiro em filme, começar uma newsletter (que não tem nada a ver com o blog) e escrever um livro de ficção, nem que seja só pra saber que eu consegui e engavetar tudo depois. Além disso, podem incluir aqui qualquer inovação capilar, porque eu não sossego mesmo e nada melhor do que muito tempo livre pra fazer umas cagadas na vida.

7) VIAJAR

d375956c2ced91fc17564e2b4146fbd1

Mais do que férias, eu preciso muito viajar, esquecer um pouquinho da vida e, principalmente, dessa versão de mim mesma que mora em Brasília e não tira férias nunca. A maior vantagem das férias de fim de ano é que, com sorte, elas duram quase três meses. O que significa que, além de ter tempo pra ficar em casa sem fazer nada, inventar modas, ver filmes, me exercitar, terminar de assistir Grey’s e arrumar meu quarto, eu ainda posso viajar e ter tempo pra voltar e continuar curtindo uma porção de nadas. Melhor que viajar, só saber que você pode ficar bastante tempo fora e mesmo assim ainda vai ter tempo de sobra pra não fazer nada quando voltar.

Previous Post Next Post

6 Comments

  • Reply Passarinha 10 de novembro de 2015 at 6:39 PM

    Tô chorando aqui porque queria tanto férias, socorro. Aproveite as suas por mim, sim?

    Quase faleci com esse gif de Addison porque tenho uma crush por essa mulher que obviamente não é normal. Quando chegar a hora, por favor comece a ver Private Practice também obrigada.

    Te amo <3

  • Reply Carol Caniato 11 de novembro de 2015 at 12:57 PM

    PRECISO terminar de assistir Grey´s anatomy também. Acho que assisti até a décima temporada, mas a vida realmente é uma bitch e não me deixou continuar jogada no sofá.
    Sobre planos para férias: estou sempre fazendo. Mas a sensação é de que não consigo cumpri-los. Qual o problema, mundo?
    E por último: você faz faculdade de que? Fiquei curiosa!
    Beijo!

  • Reply KARINE 11 de novembro de 2015 at 3:46 PM

    To aqui me arrastando enquanto o ano não acaba logo e sonhando com férias pra fazer uma porção de nadas e colocar todas minhas séries em dia (além de começar as 50 mil que estão na minha lista e ainda não comecei a assistir, hahahaha). Vale o mesmo pros filmes.

  • Reply Thay 12 de novembro de 2015 at 11:28 PM

    MIGA, mais do que vontade, seu post me deixou com necessidade de férias. E as minhas estão tão, mas TÃO distantes, só 20/12. OMG, tão longe de mim. Acho que a melhor coisa é fazer uma porção de nadas, sério, tão lindo, tão bom, ninguém pra te julgar. Olhar pro teto, olhar pra quina, ficar naquela vibe de olhar bovino, coisa bela.

    E quero opinião sincera sobre Grey’s Anatomy, porque sempre penso em começar e nunca começo. Claro que o fato de ter 39mil temporadas me deixa com preguiça, mas tanta gente fala bem que quero ver qual é. E claro que tem a Shondanás – se a mulher já me deixa perturbada com How to Get Away with Murder, nem sei o que ela faria comigo numa série em hospital (já sei que tem altas mortes e corações partidos envolvidos, sos).

    Você vai voltar pro pilates, e eu pro boxe. É meta fixa e farei, janeiro ninguém me segura. Não vou voltar agora porque devo viajar no Natal pra casa da minha avó, aí vou fazer três semanas, sofrer, as dores, parar e sofrer quando voltar. Melhor sofrer uma vez só, né? E eu que estou mais perto dos 30 do que você sei bem o quanto preciso de exercício, não quero nem deixar meu metabolismo suspeitar de preguiça e de idade, HAHAHA.

    E viajar, SIM! O convite tá feito, come to CWB! <3 <3 <3

  • Reply BA MORETTI 2 de dezembro de 2015 at 2:13 AM

    eu assisti alguns episódios soltos de greys anatomy e tá na minha listinha mental de ~coisas para fazer antes de morrer. pensando longe (espero não morrer tão cedo) porque né, milhões de episódios pra assistir ♥ e vários nada, gosto tanto que nem sei como será a minha vida quando eu arranjar um emprego novamente e entrar pra faculdade. já tô sofrendo antes sim.

  • Reply Dani 5 de dezembro de 2015 at 4:17 PM

    Nossa eu aq de boas conhecendo seu blog qdo me deparo contigo falando de Greys
    ??? mto amor por essa série

  • Leave a Reply