BEDA, I WANNA BE A ROCKSTAR

PORQUE DANÇAR É SEMPRE O MELHOR REMÉDIO

Ou: A mixtape mais aleatória que cês já viram na vida. 

Eu e minhas amigas combinamos uma porção de coisas antes do BEDA começar. Postagens coletivas, encomendas, memes, e todo o resto que vocês acompanharam nesses 30 fucking dias de projeto (falta só mais um, por favor, não desistam da gente agora). Entre combinados que deram muito certo e outros que ficaram pelo caminho, incluir uma mixtape com as músicas que embalaram esses dias de muita festa, desespero e posts ruins pareceu uma proposta muito divertida, claro. Não ia ser difícil anotar uma música todo dia, né? Eu ia conseguir. Ia? Não ia? É claro que não ia.

A questão é que eu levo mixtapes muito a sério e talvez por isso não tenha arriscado fazer uma até agora. Não consigo lidar com músicas que não conversam entre si, que não formam uma boa sequência e não compartilham da mesma vibe. Ou seja, não era só sentar e pensar numa música por dia. Era sentar, pensar numa música por dia e fazer toda uma análise se ela devia ou não compor minha playlist bedana (?), o que obviamente levava um tempo enorme. Juntem isso ao fato de que, passada a primeira semana, eu esqueci completamente de anotar o que andava ouvindo e terão aí uma noção da bomba que eu tinha nas mãos. Passei o sábado inteiro em função disso, pesquisando músicas e arrumando a ordem até que ficasse tudo redondinho e, por um milagre do destino, acabei gostando bastante do resultado. Entre músicas que embalaram posts de fato e outras que só estavam ali embalando a vida offline mesmo, consegui montar uma mixtape que representa muito bem meus dias de festa-desespero-e posts ruins.

festa beda

aguardando ansiosamente nossa festa pós BEDA 

Mas, como eu disse, ela é bem aleatória.

Logo de cara já começamos com Scalene, uma banda de Brasília que eu realmente espero que vocês conheçam (sério, em que mundo vocês vivem?) e que tem sido meu maior vício nos últimos meses. Seguimos com Yellow Card, um oferecimento da Ana pré-adolescente pra vocês com muito amor e carinho; Jenny Lewis, Foo Fighters e Aerosmith. Mais na frente temos SIA, Hilary Duff, Evanescence e, why not, Chitãozinho e Chororó, provando que quando eu digo que o negócio é aleatório é porque ele é aleatório mesmo. Pra cumprir a cota Swiftiana, temos “We Are Never Ever Getting Back Together”, uma música que sempre me tira das bad vibes e faz com que eu queira dançar sozinha no meu quarto com os braços pra cima. Como a moça não libera suas músicas no Spotify (miga, estamos em 2015, por favor, seje menas) coloquei uma outra mocinha que encontrei nessas andanças e que tem uma voz bem meiga e bonitinha. Não chega aos pés da nossa musa, rainha, deusa absoluta, mas quebra bem o galho.  

Das queridinhas do momento temos “Nós”, também do Scalene (eu disse que andava viciada); “Closer”, da Frida Amundsen; “Fireproof”, da nossa boyband favorita do momento; e “Ghosts and Creatures”, do Telekinesis, que muito provavelmente foi a música que mais ouvi durante esse mês. Apesar de não ser uma pessoa muito ligada em lançamentos, incluí dois na lista. O primeiro é “LA Hallucinations”, do novo álbum da Carly Rae Japsen. É o tipo de música com batida gostosa que começa meio misteriosa (?) mas depois se mostra um pop bem chicletinho e que imediatamente te faz querer dançar. Já a segunda foi minha melhor descoberta musical do mês. Li sobre a Halsey no blog da Ana e baixei o álbum da moça imediatamente, coisa que normalmente não faço. Viciei em várias músicas, mas minha preferida de longe foi “New Americana”, que está aí na playlist pra vocês ouvirem também. Mas honestamente, recomendo muito que vocês ouçam o álbum inteiro. É maravilhoso – e olha que eu sou super preconceituosa com música indie (apenas vdds).

Por fim, resolvi fazer uma graça e escolher músicas com título bastante sugestivo. “Dead!”, do My Chemical Romance parece perfeita pra esse fim de BEDA onde ninguém mais aguenta escrever, os posts estão cada vez piores e a gente só quer um respiro (ou estar morta mesmo, risos). Em seguida temos “Wake Me Up When September Ends”, que virou minha resposta favorita quando perguntam sobre os rumos do blog (?) depois que o BEDA acabar. No entanto, pra não fechar com esse clima de queria estar morta, temos Demi Lovato colocando todo mundo pra dançar. A gente reclama, reclama e reclama mais um pouco, mas no final estamos aí, nos divertindo pra cacete com essa cilada. Se eu pudesse faria uma festa só pra comemorar o fim do BEDA, mas como não dá, vamos nos divertir em casa mesmo. Espero que gostem.

> Pra ouvir no Spotify, é só clicar AQUI.

>> Não se esqueçam, claro, de conferir a playlist das melhores parceiras de crime que a vida me deu: Analu, Palo, Anna, Iralinha e Couth.

Previous Post Next Post

4 Comments

  • Reply Plan 30 de agosto de 2015 at 8:33 PM

    Amiga, vendo a tua playlist fica óbvio que tenho que começar a ouvir Scalene, né? hahaha
    E tem EVIDÊNCIAS. AFF TE AMO.

    Merecemos uma MEGA FESTA para comemorar! Sem or, que mês!
    Te amo!

  • Reply Thay 31 de agosto de 2015 at 12:56 AM

    Só queria registrar que estou escrevendo o post de amanhã ao som da sua playlist e quase morri quando começou a tocar Wherever You Will Go, porque uma vez fangirl na adolescência, fangirl pra sempre.

    ♥♥♥

  • Reply Yuu 31 de agosto de 2015 at 3:13 AM

    Me abraça, porque eu achei que era a única que sofria na hora de montar playlists pensando na vibe e na conexão entre as músicas. Mesmo que eu não seja expert em música, me preocupo com essas coisas sim, e muito.

    Não terei tempo de ouvir a sua mixtape ainda hoje, mas eu vi as músicas que você escolheu e posso dizer que está um sucesso. Evidências, cara. Tá certo que eu não sou fã de sertanejo, mas como não reverenciar esse clássico? Às vezes guilty, às vezes só pleasure. AMEI que você colocou Carly no meio, ainda mais LA Hallucinations. O novo álbum dela está ótimo e essa é uma das minhas músicas favoritas. E você ainda encerrou com Cool for summer, que é a minha música em repeat no momento. Sério, me abraça.

    aguardando ansiosamente nossa festa pós BEDA [2]

    Beijinhos. :*

  • Reply Passarinha 31 de agosto de 2015 at 11:54 AM

    Amiga, amei sua playlist! Tem muita coisa que não conheço, mas fato que vou ouvir inteirinha. Inclusive, essa bichice acabou me fornecendo playlists para a semana inteira e várias músicas novas para conhecer, adoro.

    Enfim, o que dizer de uma mixtape que tem FF, Hilary Duff e MCR? Certeza que vou guardar pra vida.

    Te amo!

  • Leave a Reply