CINEMA E TV

VOCÊ ESTÁ SOZINHA, MEU BEM?

Entre as tantas tradições que a UnB sempre parecer ter, meu curso tem a de fazer uma festa à fantasia todo santo semestre – e juro, é tão legal quanto parece. Como manda o figurino, toda festa tem um tema. Ninguém é obrigado a se fantasiar de acordo com o tema, lógico, mas é sempre mais legal quando a gente consegue entrar no clima. O único ano que eu consegui ir de acordo com o tema foi no meu semestre de caloura. O tema era monstros ou sombras ou qualquer coisa assim, e eu fui de Alice gótica, ou seja, mais ou menos eu fantasiada de mim mesma, só que com um vestido meigo – o que foi, no mínimo, interessante. Gosto muito desse tipo de festa porque ele permite que eu me transforme em um personagem, uma coisa que amo desde que era pequena e me fantasiava de princesa nas minhas festas de aniversário temáticas, e que gostaria de fazer pela vida inteira. É mesmo uma pena que eu não tenha o menor talento pra ser atriz.

De lá pra cá eu já me fantasiei de Alice, de Robin Hood, de gatinha e, na última, não me fantasiei de nada porque não tive tempo nem criatividade suficiente e acabei chorando de raiva no meio da festa, mas nada que eu não supere na próxima, que deve acontecer em outubro. A questão é que a última edição teve como tema “contos de fada”, e uma das ações do marketing da festa (esse é o nível da coisa) envolveu um telão no meio do ICC (ou o famoso Minhocão) onde, todo dia, a gente podia assistir um clássico da Disney diferente.

Eu, que não me envolvo mais com a organização da festa desde o meu segundo semestre (em tempo, as tretas são infinitas), fui pega de surpresa quando, num casual passeio pelas lanchonetes em busca de minhocas de gelatina (tão caras quanto vocês forem capazes de imaginar), eu dei de cara com aquele telão, uma porção de puffs, e adoráveis anões na tela. É claro que eu fiquei por ali mesmo. Branca de Neve foi o primeiro clássico que me apeguei e assistia em looping quando criança até o ponto de decorar todas as falas do filme – o que obviamente sei até hoje. Dali em diante eu virei uma dessas Disney maníacas, como tantas da minha geração, que param o dia (e por que não a vida?) pra assistir aquele clássico que resolveram passar, ainda que o horário não seja nada ortodoxo pra nós, adultos que não crescem nunca mas que ainda precisam trabalhar em horário comercial.

Movida, talvez, por essa paixão coletiva, a Analu sugeriu uma blogagem coletiva onde teríamos que elencar nossos personagens favoritos da Disney. Amei a proposta e topei na mesma hora, mas como não tenho nenhum limite na vida e vários personagens no currículo sendo amados demais, resolvi escolher um nicho específico e, depois de certas amigas decidindo falar sobre príncipes (Felipe, o melhor pra sempre), resolvi falar das vilãs, essas criaturas terríveis porém maravilhosas que a gente tanto ama odiar.

5. RAINHA DE COPAS

rainha de copas

Confesso que nunca fui muito apegada com a história da Alice, nunca me interessei muito pelos personagens, quem eram ou deixavam de ser, mas sei lá? A rainha não é uma criatura interessante? Ela não é marcante? Quer dizer, ela é terrível, sai ordenando que cortem cabeças por qualquer motivo, mas gente, ela é a Rainha de Copas e ela é obcecada por coisas vermelhas, e ela tem um reino inteiro. Acho a versão do filme em live-action muito mais marcante (Helena Bonham Carter rules), mas a da animação também é ótima e tem seu encanto. Apesar dela sempre ser esquisita nas diferentes versões do filme, morro de vontade de me fantasiar dela qualquer hora dessas porque acho toda a proposta muito interessante e bonita de verdade.

4. YZMA

yzma

Acho “A Nova Onda do Imperador” um filme super desaplaudido, mas gente, ele é maravilhoso, vocês não têm ideia. Mesmo. É divertidíssimo. Seguindo a proposta do filme todo, Yzma é uma mulher horrível, mas muito engraçada, e vive se metendo em enrascadas engraçadíssimas enquanto tenta matar o imperador Kuzko e ter o império todo pra si. Em determinado momento do filme ela se transforma num gatinho e é tão absurdamente engraçado o contraste do gatinho fofo com a personalidade cruel da Yzma que eu já tô rindo só de lembrar. Como se não bastasse, quem dubla a Yzma é a maravilhosa Marieta Severo. A YZMA TEM A VOZ DA MARIETA SEVERO!!1!1!11. I rest my case.

3. ÚRSULA

ursula

Gente, eu não gosto da Úrsula. Sério. Quer dizer, eu gosto, mas ao contrário das outras vilãs eu odeio demais. Todas são más, todas tocam o terror na vida das mocinhas, todas fazem coisas terríveis. Mas gente, a Úrsula. Tudo bem ela pegar a voz da Ariel em troca do que quer que fosse, a escolha foi da moça, paciência, aguenta aí miga. Agora, continuar interferindo? Gente. Gente. Quando ela aparece se fazendo de moça belíssima e usando a voz da Ariel eu tenho tanta, mas tanta raiva dessa mulher que nem sei. Felizmente o mundo da Disney costuma ser bem justo e ela termina tendo o fim que merece, mas ao mesmo tempo que odeio demais, não dá pra negar que a mulher é foda (e tem as melhores quotes ever, juro).

Aliás, resolvi assistir “A Pequena Sereia” esses dias e descobri que mudaram a letra de algumas músicas e a voz da Ariel – e foi só até onde tive paciência de assistir. Sério, por que vocês fazem isso? Qual a necessidade?

2. MALÉVOLA

malévola

Ainda não superei a cagada que fizeram naquela versão terrível em live-action do ano passado, mas vamos fingir que eles não mancharam a imagem de uma das melhores vilãs que a Disney já teve. “A Bela Adormecida” tem sido meu filme preferido dos últimos tempos, não só porque a história é belíssima, porque os personagens são maravilhosos, mas porque ela tem uma vibe mais dark que as outras e ainda tem uma trilha sonora incrível de verdade, duas coisas que acho muito legal de ver numa animação. Malévola é só a cereja desse bolo, sendo fácil uma das minhas vilãs preferidas, e juro que só não é a primeira porque ela não me colocou medo como a outra. De resto, Malévola é maravilhosa, determinada, e não mede esforços pra concluir seus planos. Sério, a mulher se transforma num dragão. Vocês sabem do que eu estou falando. Ela é foda.

1. RAINHA MÁ

rainha má

Como eu disse, “Branca de Neve e Os Sete Anões” foi o primeiro filme da Disney pelo qual me apaixonei. E até hoje ele foi o único com uma vilã que me botou medo de verdade. Não sei até que ponto as lembranças da infância tem influência nisso, mas se antes eu fechava os olhos sempre que ela aparecia, em especial na hora da transformação, hoje sigo tendo que desviar a cara de vez em quando porque é provável que se eu ficar com ela na cabeça por tempo demais, acabe perdendo a noite de sono. A Rainha Má não precisa de um nome pra colocar medo no reino inteiro. Todos sabem do que ela é capaz. E isso é tão poderoso que ela nem precisa provar nada pra ninguém. Acho esse filme meio sombrio também, o que é ótimo, mas sempre fico pensando se não é meio pesado pra criança esse negócio de pedir o coração numa caixa e tal. Um coração!!11!1. Numa caixa!11!11. Hannibal Lecter aprovaria o presente. Como se não bastasse, ela é belíssima, ainda que de um jeito meio medonho, é rica, tem poderes. Gente, ninguém para essa mulher.

Uma pequena curiosidade: Quando eu era pequena, nunca consegui entender de verdade o motivo dela fazer tudo o que fez. Quer dizer, ela queria ser a mais bela de todas, mas eu nunca entendi qual a necessidade disso. Ela já era tão bonita, né? Pra quê ser mais? Daí ela se transforma naquela velha bizarra que chega na casa dos outros de uma forma medonha, com uma porção de maçãs numa cesta, pergunta “você está sozinha meu beEeEeEeEemm (sim, estou sim, mas…)”, mata a mocinha bonita e então começa a cantar vitória dizendo que agora é a mais bela de todas, enquanto eu só conseguia pensar “mas moça, você tá horrorosa agora, como pode ser a mais bela?”. Querendo muito dar um abraço na Ana de muitos anos atrás, risos.

>> Como eu disse, essa é mais uma postagem coletiva que eu e minhas amigas inventamos especialmente pro BEDA. Vocês podem conferir a lista delas aqui: Analu, Anna, Palo, Iralinha, Couth, Rafinha.
>>> Reza a lenda que vou mostrar minha cara na próxima segunda, com um belíssimo vídeo (!), mas para isso acontecer, preciso que vocês me perguntem coisas, sobre a vida, sobre o blog, curiosidades, coisas aleatórias, qualquer coisa mesmo. Pode perguntar nos comentários, no twitter, por formulário, e-mail, instagram, ou onde mais vocês preferirem. VA-LEN-DO! 

Previous Post Next Post

7 Comments

  • Reply Analu 10 de agosto de 2015 at 1:45 PM

    Amiga, eu adorei seu post, hahaha.
    Amei que você escolheu elencar vilãs.
    A Úrsula é TENEBROSA mesmo, morro de raiva dela quando ela fica sabotando as paradas pra Ariel não conseguir beijar o príncipe, pfvr. Agora lembrei do Sabidão: EU VI A BRUXA DO MAR CANTANDO E DANÇANDO NA FRENTE DO ESPEEEEEEELHO, hahaha. <3
    Eu não curto "A Nova Onda do Imperador", sorry.
    E as prioridades de vida da Rainha Má são realmente sem nenhum fundamento, né? Como pode gente, matar pra ser a mais bonita, filha, seje menas. (E coração na caixa realmente é demais pra filme de criança, Disney, pfvr, seje menas você também, AHHAHA).

    Te amo! <3

  • Reply Anna 10 de agosto de 2015 at 2:10 PM

    Amiiiiiga, amei o post <3 <3 <3
    Rainha Má e Malévola DISPARADO as melhores vilãs. Amo as duas porque elas são ASSUSTADORAS. Tinha muito medo de ambas, e até hoje acho a Malévola macabra pra caramba. Ainda lembro do pavor que sentia quando ela dizia "antes do pôr-do-sol… no seu décimo sexto aniversário… espetará o dedo numa roca… E MORRERÁ.". VRÁ. Muito divina. A Rainha Má também é apavorante, tenho mais medo dela bonita do que toda feiosa??? Mas por muitos anos meus pais tiveram que acelerar a fita na parte da transformação, eu tinha muito medo hahahaha

    Não gosto muito da Rainha de Copas, a voz dela me irritava muito #critérios e Úrsula não me marcou porque Pequena Sereia não me marcou, então… Mas Yzma, QUE MULHER! Revi A Nova Onda esses dias e chorei de rir com ela e o Kronk. A melhor vilã cômica de todas <3
    beijos!

  • Reply Passarinha 10 de agosto de 2015 at 3:51 PM

    Amei a lista, Sharonilde <3

    Vou repetir o que já disse no post de bananilde e correr pra me esconder: sou meio que um zero à esquerda no quesito filmes de princesas. A Branca de Neve foi minha primeira fita, eu assistia direto também e dele lembro muito bem, o resto é tudo meio que um grande borrão e memórias vagas. Alice, idem.

    Te amo <3

  • Reply Gab 10 de agosto de 2015 at 4:23 PM

    Ai amiga, que post incrível! Adorei essa categoria.

    Eu odeio do fundo do meu coração a Úrsula. Não consigo nem amar odiar ela, sabe? Apenas odeio.

    Agora a Rainha Má e a Yzma…ai, elas tem todo meu amor e devoção. Hahahaha Que vilãs incríveis, meu deus.

    <3 te amo <3

  • Reply Ana Flávia 11 de agosto de 2015 at 12:15 AM

    Ei Ana! Primeiro que você brilhou muito com esse post! Todo trabalhado numa introdução, cenário e talicoisa, amei!
    Ai, vilãs! Tenho uma quedinha por elas hoje, mas quando criança morria de medo!
    Branca de Neve é dos meus filmes favoritos, o que mais assistia da Disney. E a Rainha Má, meldels, que mulher!
    Em OUAT eu simplesmente AMO ela. Muito mesmo! <3

    A Nova Onda eu quase não lembro, mas as outras são muito clássicas e medonhas. Menos a Rainha de Copas que é tão louca que é engraçada! haha
    Fui de Alice numa festa ano passado e minha amiga de Rainha, muito amor.

    Beijão!

  • Reply Rafaela 12 de agosto de 2015 at 8:37 PM

    Xará, adorei sua ideia de posts e amei que você vai em festas a fantasia!!!! Quero muito, porém nunca fui em uma. Acredita?

    Então, da lista, minhas favoritas são a Yzma (fala sério, eu morro de rir!). Acho que quem a dubla é a Marieta Severo (quase certeza) e eu sempre lembro dela quando a vejo, então sinto amor <3

    E amo a Malévola e a Rainha Má! Elas têm muita história escondida e eu queria saber mais delas (Malévola a gente descobriu, mas queria mais da outra…).

    Beijo! <3

  • Reply Leticia 16 de agosto de 2015 at 8:52 PM

    eu amo a ursula! sério! ela é mto badass. Adoro a musiquinha que ela canta sobre os corações infelizes hahaha.. ela ainda tem todo um nicho pra ferrar com a vida da galera. adoro!
    E a Malevola é sem comentários. Acho que seria minha vilã número um. Ela chegando no batizado e causando não tem comparação.
    Agora, a rainha de copas me irrita. Alice é meu desenho favorito da vida inteira, mas queria dar uns tapas na rainha de copas, que ser mais insuportável. Não consigo achar ela legal em nenhum aspecto >.<

  • Leave a Reply